Ampliar o lugar da tua tenda?

15 de junho de 2017

Ampliar o lugar da tua tenda?

    

        “Amplia o lugar da tua tenda, e as cortinas das tuas habitações se estendam; não o impeças; alonga as tuas cordas e firma bem as tuas estacas. Porque transbordarás à mão direita e à esquerda; e a tua posteridade possuirá as nações e fará que sejam habitadas as cidades assoladas”; (Is 54.2,3). 

     Nós servimos a um Deus poderoso, creia na profecia desse texto. Nada escapa ao Seu domínio, tudo obedece ao seu comando. Ele controla o Universo com o poder da Sua Palavra. “Amplia o lugar da tua tenda,”; (vs 2a). O significado da palavra, do vocábulo ampliar; Tornar amplo, aumentar em área. Tornar extensivo, ter mais espaço, dilatar, alargar, expandir e estender. Deus esta prometendo que que Ele esta aumentando as possibilidades. Ele esta criando mais circunstâncias para que o Seu povo possa crescer, desenvolver, frutificar e aumentar. Tenda significa moradia, intimidade e adoração. Comunhão com Deus, um momento de maior intimidade com o Senhor. Tenda representa um tempo a sós com o próprio Deus, para aprendizado, descanso e fortalecimento espiritual. Tenda também significa uma habitação móvel. Estar preparado para ter mobilidade, para montar e desmontar.  O lugar da tua tenda significa produzir no local a onde Deus te colocou. O interessante é que a tenda é uma moradia portátil. Ou seja Ele pode nos mover quando Ele quer, e para onde Ele quiser. “E as cortinas das tuas habitações se estendam”; (vs 2b). As cortinas representam, significam divisões e ao mesmo tempo cobertura. 

O tabernáculo de Moisés no período do deserto tinha 4 coberturas de cortinas.  1ª de linho fino torcido – Representa a santidade, a ética ministerial do moral e caráter. 2ª de pele de cabra – Representa um revestimento de cobertura. A pele de cabra é mais grossa do que o linho fino. Suportar melhor o calor do deserto (tribulações). 3ª de pele de carneiro tintas de vermelho – Essa cobertura representa ao sangue de Cristo. 4ª de pele de texugo – Os texugos são mamíferos, de pelagem cinzenta e negra, com laterais brancas na cabeça. Alguns animais mamíferos daquela região da Mesopotâmia nos tempos biblicos, que viviam tanto na terra como na água eram comumente chamados de texugo, sendo também uma espécie, um tipo de tartaruga. Essa cobertura representa aos anjos, que podem atuar no céu e na terra para servirem a favor dos ministros. Os anjos atuam tanto no mundo físico como no mundo espiritual. Essa cobertura sobre as outras coberturas não é de execução de autoridade sobre os ministros e a Cristo. Mas para servir-lós em circunstâncias nas quais eles possam atuar.

     “Não o impeças; alonga as tuas cordas e firma bem as tuas estacas”; (vs 2c). O Diabo não pode impedir a ação de Deus sobre a sua vida. Mas tem alguém que pode.  Sabe quem? A própria pessoa. Não impeça o agir de Deus na sua vida. Alonga as tuas cordas. Cordas representam, segurança, sustento e comunhão (amizades, acordos, alianças). Aumente, amplie essas áreas. Deus é enfático. Ele da enfâse: Firma bem as tuas estacas! Ou seja, não é de qualquer jeito, não é de qualquer maneira. Tem que ter base, fundamento e alicerce.  Tem que ter profundidade na colocação das estacas. Leva ao entendimento de que todas as vezes que vierem as tempestades, ventanias e vendavais. Quem não estiver com as suas estacas firmadas com profundidade, terão as suas tendas arrancandas e as sua coberturas destruídas e arrasadas pela fúria do vento. Virão os desafios, o vento vai soprar. Firme bem as suas estacas, tenha segurança, seja cuidadoso, realize com precaução. “Porque transbordarás à mão direita e à esquerda; e a tua posteridade possuirá as nações”; (vs 3a). É extraordinário o cuidado de Deus para conosco. As promessas não são somente para os pais, elas são para os filhos e os filhos dos filhos. De que como as promessas de Deus são maravilhosas. Ele tem projetos, planos, metas e objetivos aqui agora para nós. E também é extensivo, ampliado a nossa semente, a nossa descendência. Por exemplo: Quando Deus moveu as circunstâncias as quais levaram José para o Egito. Através da entrada de José, Ele retirou de lá uma nação inteira. “E fará que sejam habitadas as cidades assoladas”; (vs 3b). O desafio é grande, o projeto é enorme. É um objetivo ambicioso, mas é frutífero. Quem quer fazer parte desse grande projeto? É claro que a maioria de nós dirá sim. “Eu quero”. Mas quais são os critérios?  A Bíblia é repleta de homens e mulheres que venceram, que foram usados tremendamente pelo Espírito Santo de Deus. Será que eles não tiveram lutas? Não passaram por tribulações? Claro que sim. Mas na unção do Espírito Santo, eu quero trazer para o  seu coração os critérios de como realizar um grande empreendimento para Deus. Não vou ter a pretensão de citar todos, mas na minha opinião os que para mim são necessários.

     1º SER SONHADOR  - Se você não sonhar, não projetar, não programar fica difícil de se realizar. Deus se manifestou e manifesta para alguns através de sonhos. Não podemos falar de sonhos sem citar esses dois jovens homens de Deus, José e Daniel. “E Faraó disse a José: Eu sonhei um sonho, e ninguém há que o interprete; mas de ti ouvi dizer que quando ouves um sonho o interpretas. E respondeu José a Faraó, dizendo: Isso não está em mim; Deus dará resposta de paz a Faraó”; (Gn 41.15,16). “Respondeu Daniel na presença do rei e disse: O segredo que o rei requer, nem sábios, nem astrólogos, nem magos, nem adivinhos o podem declarar ao rei. Mas há um Deus no céu, o qual revela os segredos; ele, pois, fez saber ao rei Nabucodonosor o que há de acontecer no fim dos dias; o teu sonho e as visões da tua cabeça na tua cama são estas....”; (Dn 2.27,28).  2º SER VISIONÁRIODeus nunca usou um homem sem antes lhe dar uma grande visão. ABRAÃO“Então, o levou fora e disse: Olha, agora, para os céus e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua semente”; (Gn 15.5). MOISÉS“E apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote em Midiã; e levou o rebanho atrás do deserto e veio ao monte de Deus, a Horebe. E apareceu-lhe o Anjo do Senhor em uma chama de fogo, no meio de uma sarça; e olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia. E Moisés disse: Agora me virarei para lá e verei esta grande visão, porque a sarça não se queima. E, vendo o Senhor que se virava para lá a ver, bradou Deus a ele do meio da sarça e disse: Moisés! Moisés! E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Não te chegues para cá; tira os teus sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa. Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó. E Moisés encobriu o seu rosto, porque temeu olhar para Deus”; (Êx 3.1-6). ISAÍAS: “... eu vi ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo. Os Serafins estavam acima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam. E clamavam uns aos outros, dizendo: (hodesh, hodesh hodesh Iave alahosh) Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória”; (Is 6.1-3). 

     3º SER DESPRENDIDOQue tem desprendimento; quem é desapegado de bens materiais, ou de vaidade. As vezes Deus nos leva ao último nível da nossa capacidade. Tem que fazer sacrifício. É difícil de desprender-se de uma casa, carro, trabalho, profissão, posição e de dinheiro. Imagine então desprender-se de um filho? Desprender-se é confiar totalmente no Jeova Jiré, no Deus proverá. “E aconteceu, depois destas coisas, que tentou (no sentido de provar; provou) Deus a Abraão, e disse-lhe: Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá; e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi”; (Gn 22.1,2). 4º SER INIMIGO DECLARADO DE SATANÁS Ele não vai ficar de braços cruzados assistindo você servir a Deus. Ele não vai aceitar facilmente a sua participação nesse grande projeto. Jesus preparou 30 anos de sua vida, para 3 anos de ministério, 3 dias no Hades e para 3 horas na cruz. Satanás perseguiu, estudou, analisou e investigou há Jesus por 30 anos. Mas tem um detalhe você acabou de passar pelo altar do sacrifício de Deus. Você esta pronto para enfrentar o que aparecer na sua frente. “E aconteceu naqueles dias, que Jesus, tendo ido de Nazaré, da Galiléia, foi batizado por João, no rio Jordão. E, logo que saiu da água, viu os céus abertos, e o Espírito, que, como pomba, descia sobre ele. E ouviu-se uma voz dos céus, que dizia: Tu és o meu Filho amado, em quem me comprazo. E logo o Espírito o impeliu para o deserto. E ali esteve no deserto quarenta dias, tentado por Satanás. E vivia entre as feras, e os anjos o serviam”; (Mc 1.9-13). A primeira coisa que Jesus fez antes de iniciar o seu ministério foi ir ao deserto (representação de dificuldades, tribulações e lutas). No deserto Ele resistiu (se opôs, enfrentou) ao diabo: “Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”; (Tg 4.7). 5º NÃO SER VAIDOSO - Não da para realizarmos uma grande obra para Deus se o nosso coração estiver  vaidoso. Analise uma coisa. Adão caiu no mesmo pecado de Lúcifer. Querer a semelhança de Deus, querer parecer com Deus. “Subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo”; (Is 14.14). “Porque Deus sabe que, no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos,   e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal”; (Gn 3.5). Todos os homens de Deus que caíram em determinado momento bíblico, cairam primeiro na vaidade. Davi caiu na vaidade de querer contar, de realizar um censo geral em Israel, quando percebeu que a nação crescia no período do seu governo. Salomão envaideceu o seu coração e tomou para si muitas mulheres.

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.