O que é Teofania?

15 de julho de 2013

O que é Teofania?


                                     
      “E eu lancei-me a seus pés para o adorar, mas ele disse-me: Olha, não faças tal; sou teu conservo e de teus irmãos que têm o testemunho de Jesus; adora a Deus”; (Ap 19.10a). “E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar. E disse-me: Olha, não faças tal, porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus”; (Ap 22.8,9). 

    Os anjos não podem ser adorados, eles não podem receber adoração. Mas quem é este varão que Abraão inclinou-se em terra para adorá-lo? Porque este Anjo aceitou a adoração e não repreendeu ao patriarca Abraão? “Depois, apareceu-lhe o Senhor nos carvalhais de Manre, estando ele assentado à porta da tenda, quando tinha aquecido o dia. E levantou os olhos e olhou, e eis três varões estavam em pé junto a ele. E vendo-os, correu da porta da tenda ao seu encontro, e inclinou-se à terra, e disse: Meu Senhor, se agora tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que não passes de teu servo”; (Gn 18.1-3). Este varão é o Anjo do Senhor. Ele podia receber adoração, pois Ele era a manifestação da 2ª Pessoa da Divindade, Jesus em Sua forma teofânica. O (artigo definido) Anjo do Senhor, se fosse o artigo indefinido (um) anjo do Senhor, poderia denotar ser a presença de qualquer um dos anjos enviado por Deus.  Porém este Anjo do Senhor era especial. 

Jesus veio em Sua manifestação teofânica testificar os momentos mais importantes e decisivos da vida dos patriarcas, profetas, reis, sacerdotes e guerreiros de Israel. Situações em que era necessária a Sua presença e em alguns casos também a Sua intervenção. Observação: Jesus não era e nunca foi um anjo. Mas pela glória a qual Ele aparecia, quem não tinha o entendimento de reconhece-lo achava que Ele era um anjo!  Jesus lembrou-se deste momento com o patriarca Abraão, quando os judeus queriam apedrejá-lo“Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se. Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinqüenta anos e viste Abraão? Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que, antes que Abraão existisse, eu sou. Então, pegaram em pedras para lhe atirarem; mas Jesus ocultou-se, e saiu do templo, passando pelo meio deles e assim se retirou”; (Jo 8.56-59).  A 1ª vez que a 2ª Pessoa da Divindade, Jesus Cristo Manifestou-se em teofania foi para Agar e Ismael. Isto ocorreu na ocasião em que eles fugiram da presença de Sarai (Sara) e Abraão. O Anjo do Senhor os encontrou junto a uma fonte de água no deserto, no caminho de Sur. “E o Anjo do Senhor a achou junto a uma fonte de água no deserto, junto à fonte no caminho de Sur. E disse: Agar, serva de Sarai, de onde vens, e para onde vais? E ela disse: Venho fugida da face de Sarai, minha senhora. Então lhe disse o Anjo do Senhor: Torna-te para tua senhora, e humilha-te debaixo de suas mãos. Disse-lhe mais o Anjo do Senhor: Multiplicarei sobremaneira a tua semente, que não será contada, por numerosa que será”; (Gn 16.7-10). Observe a autoridade que esta revestida no Anjo do Senhor. Ele não esta falando em Nome de Deus, Ele não fala da maneira como costuma falar os anjos de Deus que vem a terra como mensageiros para entregar a vitória nas mãos dos homens e mulheres de Deus. O Anjo é diretamente dito Ser Deus, ou é dito ter os atributos (ou exercer as ações) prerrogativas, exclusivas e identificatórias de Deus. “Disse-lhe mais o Anjo do Senhor: Multiplicarei sobremaneira a tua semente, que não será contada, por numerosa que será”; (Gn 16.10). AGAR PERCEBEU QUE JESUS FALAVA COM ELA; “E ela chamou o nome do Senhor, que com ela falava: Tu és Deus da vista, porque disse: Não olhei eu também para aquele que me vê?”; (Gn 16.13). JACÓ LUTOU LITERALMENTE COM O ANJO DO SENHOR EM PENIEL; “E levantou-se aquela mesma noite, e tomou as suas duas mulheres, e as suas duas servas, e os seus onze filhos, e passou o vau de Jaboque. E tomou-os e fê-los passar o ribeiro; e fez passar tudo o que tinha. Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um varão, até que a alva subiu. E, vendo que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa; e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele. E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares. E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó. Então disse: Não se chamará mais o teu nome Jacó, mas Israel, pois, como príncipe, lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste. E Jacó lhe perguntou e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali. E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva”; (Gn 32.22-30).

     O ANJO DO SENHOR MANIFESTOU-SE A JOSUÉ; Novamente Jesus em Sua manifestação teofânica aceita ser adorado por Josué. Nós já sabemos que os anjos não podem receber adoração. Jesus em teofania revela-se de uma forma pela qual Ele só era reconhecido pelos Seus anjos. Pela primeira vez, Ele revela-se como O Príncipe do Exército do Senhor; O Senhor dos Exércitos para um homem. Ele escolheu Josué. “E sucedeu que, estando Josué perto de Jericó, levantou os seus olhos e olhou; e eis que se pôs em pé diante dele um homem que tinha na mão uma espada nua; e chegou-se Josué a ele, e disse-lhe: És tu dos nossos ou dos nossos inimigos? E disse ele: Não, mas venho agora como príncipe do exército do Senhor. Então Josué se prostrou com o seu rosto em terra, e o adorou, e disse-lhe: Que diz meu Senhor ao seu servo? Então disse o príncipe do exército do Senhor a Josué: Descalça os sapatos de teus pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim”; (Js 5.13-15). O ANJO DO SENHOR REPREENDE A TODO ISRAEL; Novamente o Anjo do Senhor, utiliza-se de prerrogativas, exclusivas e identificatórias de Deus. Jesus estava bravo com o Seu povo, pois eles estavam se misturando com os povos daquela terra, e a ordem de Deus era totalmente contrário a isto. “E Subiu o Anjo do Senhor de Gilgal a Boquim, e disse: Do Egito vos fiz subir, e vos trouxe à terra que a vossos pais tinha jurado, e disse: Nunca invalidarei o meu concerto convosco. E, quanto a vós, não fareis concerto com os moradores desta terra; antes derrubareis os seus altares. Mas vós não obedecestes à minha voz. Por que fizestes isso? Pelo que também eu disse: Não os expelirei de diante de vós; antes, estarão às vossas costas, e os seus deuses vos serão por laço. E sucedeu que, falando o Anjo do Senhor estas palavras a todos os filhos de Israel, o povo levantou a sua voz e chorou”; (Jz 2.1-4). 

   O ANJO DO SENHOR FOI ENVIANDO POR DEUS PARA IR ADIANTE DE MOISÉS; “Eis que eu envio um Anjo diante de ti, para que te guarde neste caminho, e te leve ao lugar que te tenho preparado. Guarda-te diante dele, e ouve a sua voz, e não o provoques à ira; porque não perdoará a vossa rebelião; porque o meu nome está nele. Mas, se diligentemente ouvires a sua voz e fizeres tudo o que eu disser, então serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários. Porque o meu Anjo irá adiante de ti, e te levará aos amorreus, e aos heteus, e aos ferezeus, e aos cananeus, e aos heveus, e aos jebuseus; e eu os destruirei”; (Êx 23.20-23). O ANJO DO SENHOR MANIFESTOU-SE A MANOÁ, PAI DE SANSÃO; “Então, Manoá disse ao Anjo do Senhor: Ora, deixa que te detenhamos e te preparemos um cabrito. Porém o Anjo do Senhor disse a Manoá: Ainda que me detenhas, não comerei de teu pão; e, se fizeres holocausto o oferecerás ao Senhor. Porque não sabia Manoá que fosse o Anjo do Senhor. E disse Manoá ao Anjo do Senhor: Qual é o teu nome? Para que, quando se cumprir a tua palavra, te honremos? E o Anjo do Senhor lhe disse: Por que perguntas assim pelo meu nome, visto que é maravilhoso? Então, Manoá tomou um cabrito e uma oferta de manjares e os ofereceu sobre uma penha ao Senhor: e agiu o Anjo maravilhosamente, vendo-o Manoá e sua mulher. E sucedeu que, subindo a chama do altar para o céu, o Anjo do Senhor subiu na chama do altar; o que vendo Manoá e sua mulher, caíram em terra sobre seus rostos. E nunca mais apareceu o Anjo do Senhor a Manoá, nem a sua mulher; então conheceu Manoá que era o Anjo do Senhor. E disse Manoá à sua mulher: Certamente morreremos, porquanto temos visto Deus”; (Jz 13.15-23).

    O ANJO DO SENHOR MANIFESTOU-SE A GIDEÃO; “Então, o Anjo do Senhor veio e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o salvar dos midianitas. Então, o Anjo do Senhor lhe apareceu e lhe disse: O Senhor é contigo, varão valoroso. Mas Gideão lhe respondeu: Ai, senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém, agora o Senhor nos desamparou e nos deu nas mãos dos midianitas. Então o Senhor olhou para ele, e disse: Vai nesta tua força, e livrarás a Israel das mãos dos midianitas; porventura, não te enviei eu? E ele lhe disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai. E o Senhor lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás os midianitas como se fossem um só homem. E ele disse: Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és o que comigo falas. Rogo-te que daqui não te apartes, até que eu venha a ti, e traga o meu presente, e o ponha perante ti. E disse: Eu esperarei até que voltes. E entrou Gideão e preparou um cabrito e bolos asmos de um efa de farinha; a carne pôs num açafate e o caldo pôs numa panela; e trouxe-lho até debaixo do carvalho, e lho ofereceu. Porém o Anjo de Deus lhe disse: Toma a carne e os bolos asmos, e põe-nos sobre esta penha e verte o caldo. E assim o fez. E o Anjo do Senhor estendeu a ponta do cajado, que estava na sua mão, e tocou a carne e os bolos asmos; então, subiu o fogo da penha, e consumiu a carne e os bolos asmos; (os bolos asmos de uma efa de farinha, e a carne de cabrito com o caldo por cima foram consumidas pelo Anjo do Senhor, no momento em que Ele as tocou com a ponta do Seu cajado) e o Anjo do Senhor desapareceu de seus olhos. Então viu Gideão que era o Anjo do Senhor e disse Gideão: Ah, Senhor Jeová, que eu vi o Anjo do Senhor face a face”; (Jz 6.11-22). 

     Gideão ficou sem palavras quando ele teve o entendimento que o Anjo do Senhor era o Senhor Jesus Cristo em sua manifestação teofânica. O Anjo do Senhor recebeu o holocausto feito por Gideão como um presente, um louvor e principalmente uma adoração. O Anjo do Senhor manifestou-se a Hananias, Misael e Azarias, mais conhecidos como Sadraque, Mesaque e Abede-Nego dentro da fornalha de fogo ardente do rei Nabucodonosor. “E estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, caíram atados dentro da fornalha de fogo ardente. Então, o rei Nabucodonosor se espantou, e se levantou depressa; falou e disse aos seus capitães: Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo? Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei. Respondeu e disse: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada, há de lesão neles; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho dos deuses. Então, se chegou Nabucodonosor à porta do forno de fogo ardente, falou e disse: Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, servos do Deus Altíssimo, saí e vinde! Então Sadraque, Mesaque e Abede-Nego saíram do meio do fogo”; (Dn 3.23-26). Após a Sua encarnação “Teantropia”, não foi mais necessário a manifestação de Jesus como o Anjo do Senhor “Teofania”. Deus não se manifesta mais em teofania, isso acontecia antes Dele ter um corpo. Hoje em Cristo Jesus esta toda a forma de Deus

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.