Você tem uma conta no céu?

15 de novembro de 2013

Você tem uma conta no céu?


     “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”; (Mt 6.19-21).

  Aprenda esse princípio absoluto e universal. Deus sempre deu, dá e dará ao homem (genericamente; falando homem e mulher) todas as condições de ajuntar, de ter, de possuir, de guardar. Sendo o homem ímpio, ou sendo o homem justo. “Eis aqui o que eu vi, uma boa e bela coisa: comer, e beber, e gozar cada um do bem de todo o seu trabalho, em que trabalhou debaixo do sol, todos os dias da sua vida que Deus lhe deu, porque esta é a sua porção (porção não é algo completo, é somente uma fatia, um pedaço. O maxímo de quantidade de uma porção é chamado de metade). E a quanto ao homem, a quem Deus deu riquezas e fazenda e lhe deu poder para delas comer, e tomar a sua porção, e gozar do seu trabalho, isto é dom de Deus. Porque não se lembrará muito dos dias da sua vida; porquanto Deus lhe responde (enche em algumas traduções) de alegria o seu coração”; (Ec 5.18-20).   


Os ímpios que são ricos e não aceitarem a Jesus Cristo como Salvador, aproveitarão muito bem essa vida terrena, mas não terão a vida eterna. “Não ajunteis tesouros na terra”; (Mt 6.19a). Jesus não se refere as nossas possessões, Ele quer que nós vivamos uma vida abundante. Mas Ele também quer ver qual será a nossa atitude em relação a essas possessões. Não está em evidência, aqui, o que um homem porventura possua, mas antes, o que ele pensa sobre seus bens materiais. Pessoas cuja principal ou total satisfação nesta vida, derivam de coisas que dizem respeito somente a este mundo. Estas pessoas correm o risco de limitar suas ambições, seus interesses e suas esperanças somente a esta vida. Todos nós temos tesouros de uma espécie ou de outra: O nosso tesouro talvez não seja dinheiro. Não está em pauta somente o amor ao dinheiro, mas também o amor à honra pessoal, o amor à posição social, o amor ao cargo obtido, o amor a qualquer coisa que comece e termine aqui mesmo, nesta vida e neste mundo. “... onde a traça e a ferrugem tudo consomem ...”; (Mt 6.19b). São duas simbologias e características daquilo que consomem o nosso tesouro.  Ou seja, o tempo e as necessidades da vida como a saúde, a sobrevivência do dia a dia. A tendência do tempo é de alguma forma desvalorizar aquilo que temos, a cada dia estamos envelhecendo. TRAÇA - “Animal”; (roe aos pouco). FERRUGEM - “Mineral”; (Corroe aos poucos). “ ... e onde os ladrões minam e roubam ...”; (Mt 6.19c). Se você estiver investindo todos os seus tesouros somente na terra. Eu tenho uma palavra não muito boa para você. Cedo ou tarde, o ladrão vai aparecer. Ele tem dois abjetivos estratégicos. MINAR – Deixar sair, escaper, ocultar; Prejudicar. ROUBAR – Pegar para si; tomar, consumer, subtrair. “Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”; (Mt 6.21).  Dinheiro e sentimento estão interligados, estão sempre juntos.  TESOURO: Representa  finanças, economias e provisão. CORAÇÃO: Representa amor, amizade, família e amigos. Muito cuidado a quem você empresta ou pega emprestado! Pois o seu sentimento vai junto. Se a pessoa é  infiel em suas finanças e compromissos, e quase certo que ela será também infiel nos seus relacionamentos íntimos e pessoais.

     A ONDE INVESTIR OS NOSSOS TESOUROS? “Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam”; (Mt 6.20). Jesus nós ensina a onde investir os nossos tesouros. No céu a traça e a ferrugem não consomem. Aqui o tempo (chronus) é consumido. No céu é Eternidade (kairós), é um investimento eterno. Não existe doenças, não existe corrosão e nem ladrões.  Invista no Céu. Você sabia que você tem uma conta no céu? Esta conta realmente existe. “Não que procure dádivas, mas procuro o fruto que aumente a vossa conta”; (Fp 4.17). Todas as vezes que você traz as sua primícias, os dízimos e ofertas, para manutenção do Reino. O Seu trabalho, o seu tempo. São créditos que estão sendo depositados em sua conta celestial. QUAL É O NOME DO BANCO, QUAL É A AGÊNCIA? “E a cidade estava situada em quadrado; e o seu comprimento era tanto como a sua largura. E mediu a cidade com a cana até doze mil estádios; e o seu comprimento, largura e altura eram iguais. E mediu o seu muro, de cento e quarenta e quatro côvados, conforme a medida de homem, que é a de um anjo. E a fábrica do seu muro era de jaspe, e a cidade, de ouro puro, semelhante a vidro puro. E os fundamentos do muro da cidade estavam adornados de toda pedra preciosa. O primeiro fundamento era jaspe; o segundo, safira; o terceiro, calcedônia; o quarto, esmeralda; o quinto, sardônica; o sexto, sárdio; o sétimo, crisólito; o oitavo, berilo; o nono, topázio; o décimo, crisópraso; o undécimo, jacinto; o duodécimo, ametista. E as doze portas eram doze pérolas; cada uma das portas era uma pérola; e a praça da cidade de ouro puro, como vidro transparente”; (Ap 21.16-21). Banco Nova Jerusalém! Agência celestial. Assim como todo cofre este banco também é todo quadrado, com 12 portas abertas e funciona 24 horas. Este banco não cobra juros, pelo contrario o seu rendimento é 100 por 1.  Você pode emitir cheque, sacar, depositar, fazer qualquer transação bancaria com o seu saldo. Tem até um bônus mensal, de mês em mês. “No meio da sua praça e de uma e dea outra banda do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações”; (Ap 22.2).

   Existe um contrato (leis espirituais). Este contrato tem que ser cumprido: “Quem é fiel no mínimo também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo também é injusto no muito. Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras? E, se no alheio não fostes fiéis, quem vos dará o que é vosso? Nenhum servo pode servir dois senhores; porque ou há de aborrecer a um e amar ao outro ou se há de chegar a um e desprezar ao outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom”; (Lc 16.10-13). Deus não é contra a quem tem dinheiro, Deus é contra a quem tem amor ao dinheiro. Eu posso fazer retirada na minha conta? Se você tem saldo, claro que sim. Você quer sacar agora? Vamos saber como esta o seu saldo com o dono do banco (Jesus) e os que trabalham com Ele e para Ele (os anjos). Se você cumpriu a parte contratual (as leis espirituais). So falta uma coisa. Adquirir a senha, o password, o famoso Pin Number. Você quer saber qual é o seu Pin Number?  É: ML 3.10. “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim ( no original esta nisto), diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança (em uma outra versão esta; até que não haja lugar suficiente para a recolherdes)”; (Ml 3.10). Satanás tenta impedir ao cristão de ofertar e dizimar na Casa de Deus, porque ele sabe que existe essa conta. Ele era o tesoureiro desse banco. Ele sabe que impedindo ao cristão de aumentar a sua conta no Céu, ele consegue fazer com que o cristão invista somente na terra.

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.