Porque sem fé é impossível agradar a Deus?

15 de fevereiro de 2014

Porque sem fé é impossível agradar a Deus?


          “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem”; (Hb 11.1). “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele exista e que é galardoador dos que o buscam”; (Hb 11.6).

     Muitas pessoas que dizem ser cristãs, não sabem  realmente o que é ter fé para confiar plenamente em Deus. Muitos ficam com dúvidas da real capacidade de Deus em realmente resolver as suas necessidades. Nestas duas passagens do livro dos Hebreus. Capítulo 11, versículos 1 e 6. Denotam um contraste, um paralelo entre a fragilidade, a fraqueza do homem. O homem é mortal, falho, necessita de misericordia. E a magnificência da perfeição de Deus através de Seus atributos, os quais O revelam como um Ser absoluto e um ser moral em Seus atos. Deus é! Onipotente, Oniciente, Onipresente, Transcendente, Imanente, Eterno, Imutável. Amor, Bom, Paz, Justo, Fiel e Santo. Ter fé é olhar com os olhos de Deus. A fé vê vida onde há morte. A fé vê saúde onde há doença. A fé vê vitória onde há derrota. A fé vê esperança a onde existe somente destruição. Certeza e convicção são palavras que exprimem uma grande característica da fé: Ela não convive no mesmo ambiente da dúvida e da hesitação. Além disso, ela é totalmente alicerçada na esperança e não em fatos concretos. (certeza de coisas que se esperam a convicção de fatos que se não veem). A fé verdadeira é totalmente fundamentada na confiança em Deus e em Sua palavra e não nas circunstâncias. A fé só faz sentido quando aponta para Deus.

     “No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”; (Jo 1.1-3). 

     O texto afirma que todas as coisas foram criadas por Ele. Isso já nos esclarece que qualquer coisa que exista e seja real, inequívoca, verdadeira, concreta, seja física ou espiritual, foi criada por Ele. Ora, o texto vai muito mais, além disso: “... e sem Ele, nada do que foi feito se fez”, o que nos esclarece, mais ainda, quanto ao fato de não haver mais de um Deus, ou fatos reais existentes feitos por outro que não Ele somente. Podemos resumir este texto de uma forma bem simples dizendo: Tudo o que existe e é real, seja material ou espiritual, foi criado por Ele. Antes do Verbo se expressar “falar”, não existia nada de concreto, físico. Depois que Ele fala, o que foi dito passa a existir como realidade concreta, seja material ou espiritual. Ora, a fé é a convicção de que mesmo que eu não veja o que foi dito, Deus já determinou. Em outras palavras, é impossível, por definição, haver fé em algo que Deus não expressou através de Sua Palavra. Como adquirir fé? Como ela nos é dada? Através do conhecimento da Palavra, pelas experiências adquiridas com Deus em oração. E pela presença do Espírito Santo em nós. Quem tem fé age, não fica parado, estático. Existe um principio universal conhecido, chamado de ação e reação. Preste bastante atenção: Deus reage muito mais em relação as nossas atitudes do que em relação a Sua vontade soberana. Então eu tenho que agir para Deus reagir? Sim! Logicamente Deus reagirá se eu estiver dentro de um propósito estabelecido por Ele, pois Ele não pode ir contra a Sua Soberania e Sua vontade absolutaA Bíblia nos relata vários milagres realizados por Deus. Mas todos os milagres tiveram o seu início em uma atitude de participação do Homem. Para Deus efetuar o milagre eu tenho que tomar uma atitude de fé. A mulher anônima do fluxo de sangue, teve a atitude de ir até a onde Jesus estava. E ela foi mais além, ela arrancou virtudes de Jesus ao tocar na orla das suas vestes. O cego Bartimeu tomou a atitude de gritar, a reação de Jesus foi em curá-lo. Naamã tomou a atitude de mergulhar 7 vezes nas águas do Jordão para ser curado da lepra. Moisés tomou a atitude de tocar o mar vermelho com a vara. Deus reagiu mandando o vento que o abriu. O Servo de Elias tomou a atitude de subir ao monte carmelo 7 vezes para ver uma pequena nuvem como a mão de um homem.

     Mais provas bíblicas da reação de Deus do Céu mediante a ação do homem na terra: “Chegai-vos a Deus (é uma ação), e ele se chegará a vós (é uma reação)”; (Tg 4.8). “Eu vos digo a vós: Pedi (é uma ação), e dar-se-vos-á (é uma reação); buscai (é uma ação), e achareis (é uma reação); batei (é uma ação), e abrir-se-vos-á (é uma reação) porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á”; (Lc 11.9,10). Quem tem fé, tem atitude. Quem tem fé age. Quem tem fé, sabe também esperar em Deus. Faça a sua parte. Que com certeza Deus faz a Dele. A questão é que muitos de nós, queremos uma resposta rápida de Deus. E não funciona assim! Deus o milagre era para ontem viu! Deus não age de acordo com o seu tempo. Deus tem regras! Há um tempo estabelecido. “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”; (Ec 3.1). Não estabeleça tempo para Deus. É comum pessoas chateadas com Deus, determinarem tempo. Vou dar 7 dias para Deus resolver o meu problema. Existem dois tempos. O tempo físico, medido, contabilizado, cronometrado que é o chronos. Tempo é a definição da contagem sucessiva de anos, meses, horas, minutos, segundos e milésimos de segundos. Um valor contável que concede ao homem uma noção de passado, presente e futuro. E existe o kairós o qual é o tempo eterno. Sem datas, sem medidas de tempo, sem estações. É um tempo sem tempo. A palavra relata que um dia para Deus é como mil anos. “Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite”; (Sl 90.4). “Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia”; (2 Pe 3.8). Muito cuidado ao determinar dias para Deus. 7 dias podem ser 7.000 anos. A maneira correta de falar com Deus deve ser assim: Senhor eu vou agir até a onde eu posso ir? A onde eu não posso mais ir, a onde eu não posso mais agir, que o Senhor haja por mim. Ter fé é muito mais do que crer! Dizer que a fé é somente crer é torná-la algo superficial demais. Afinal somente crer em Deus, até os demônios conseguem fazer isso. “Tu crês que há um só Deus? Fazes bem; também os demônios o creem e estremecem”; (Tg 2. 19). Ter fé. Bem isso os demônios não conseguem e nem podem ter. Porque o Espírito Santo de Deus não pode habitar neles.

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.