O que é um paradigma?

15 de julho de 2013

O que é um paradigma?

     
         
     “Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos). Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? És tu maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o poço, bebendo ele próprio dele, e os seus filhos, e o seu gado? Jesus respondeu e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede, mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que a jorra para a vida eterna”; (Jo 4.9-14).

     O paradigma é um tema, um assunto muito importante e vou explicá-lo. Um paradigma é uma maneira de ver e examinar a realidade. Um paradigma estabelece onde começamos os nossos pensamentos sobre um assunto. Paradigmas são poderosos e importantes se forem bem utilizados. Paradigma também é a maneira, o jeito pela qual uma pessoa percebe e se interage ao mundo e as situações. No entanto, o paradigma esta para a pessoa da mesma forma como a água está para o peixe. O peixe não sabe que está dentro da água, até que sai e percebe. Descobre que depende dela para a sua sobrevivência. Por isso é tão difícil mudar. No momento em que a pessoa entende como interpretar paradigmas, ela pode mudar a sua percepção do mundo. 

     AFINAL O QUE É UM PARADIGMA? Paradigmas são modelos, estruturas que delimitam o modo de agir, pensar e produzir. Os paradigmas fazem parte da nossa estrutura, somos ensinados dentro de paradigmas e muitos de nós não conseguem se desprender deles jamais. Paradigma também é uma regra, norma, maneira, jeito que define qual deve ser o comportamento e a maneira de resolver problemas, criar soluções. Dentro de alguns limites definidos para que se possa ter êxito, obter sucesso.  O paradigma abrange todas as áreas da Teologia, Filosofia, Psicologia e Ciências em relação ao homem e o mundo físico e espiritual. O encontro de Jesus com a mulher samaritana poderia ser descrito como “quebra de um paradigma”. Os judeus e samaritanos não se entendiam. Jesus, estava cansado e sedento, iniciou uma conversa com a mulher samaritana junto ao poço de Jacó e lhe pediu água para beber. A mulher, aliás, usou desse argumento para não oferecer-lhe água. Jesus, porém, ignorou a realidade, continuou a conversar com ela e mostrou e provou que Ele era o Messias prometido. Aquele que tinha e tem uma água especial para oferecer às pessoas. E quem beber dessa água, Cristo dá a vida eterna. Pedir água àquela mulher foi uma estratégia evangelística. Ele orientou sabiamente a conversa, levando-a de um simples comentário sobre beber água à revelação de que Ele era o Messias. Conhecendo a tradição discriminatória, a mulher ficou perplexa com o pedido de Jesus. Havia uma desigualdade muito grande entre homem e mulher. Nos tempos bíblicos (e em muitos países orientais de hoje) os homens não conversavam com mulheres em público, mesmo sendo suas esposas. Se entre um judeu e um samaritano existiam preconceitos profundos, imagine-se entre um judeu e uma samaritana. Um judeu preferia morrer de sede a tomar água da mão de um samaritano, muito menos de uma mulher samaritana, sobretudo pecadora. Haja vista a surpresa dos discípulos ao virem Jesus falando com a mulher. Mas no final Jesus conseguiu o seu objetivo. Jesus obteve sucesso em seu trabalho.

     Vamos usar, utilizar esse tema: Sucesso & Trabalho. Só existe um lugar a onde sucesso vem antes do trabalho, no dicionário. Sucesso começa com a letra “S” trabalho com a letra “T”. Para se ter sucesso, é necessário muito trabalho. Mas somente o trabalho sozinho não traz o sucesso. Existem pessoas que trabalham 18 horas por dia e não evoluem. São como pneus deslizando na lama, não saem do lugar. Quem mais trabalha, em termos de quantidade de horas e esforço físico? É o operário de fábrica. Ele acorda às seis da manhã, pega duas conduções para o trabalho, chega tarde da noite em casa e aposenta-se com um salário mínimo. O segredo na vida não é fazer o que você gosta, e sim gostar do que você faz. O homem é 65% adaptação e 35% vocação. É possível fazer qualquer coisa tornar-se interessante, você pode trazer o interesse para a situação. Você pode pensar e dizer: “Eu trabalho para a empresa tal”. Esse é um dos maiores erros que você pode cometer contra você mesmo! Pensar que trabalha para alguém, para outra pessoa ou para uma empresa. Tenha em mente: Você trabalha para você! A empresa em que você está trabalhando lhe dá um espaço, com mesa e telefone. Ou outros equipamentos, apoio e outros benefícios, mas no fundo você não trabalha para os outros. Você (reconhecendo isso ou não) está sempre trabalhando para você mesmo. Não interessa quem seja ou qual seja o seu empregador. Você será eficiente na medida em que o seu trabalho estiver rendendo frutos. Não só para a empresa, mas também para você. Se for assim, você estará trabalhando bem. Será um ótimo funcionário de qualquer empresa, porque você sabe que trabalha para si próprio e o faz com entusiasmo. Para fazer as coisas acontecerem na vida. Conversa não adianta, o que interessa é resultado. Porém para fazer as coisas acontecerem, nem sempre você tem que realizá-las. Existe uma coisa chamada delegação, a qual poucas pessoas usam. Jesus delegava autoridade, ele repassava funções e ofícios, Jesus formava líderes. “E, quando o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido que Jesus fazia e batizava mais discípulos do que João (ainda que Jesus mesmo não batizava, mas os seus discípulos)”; (Jo 4.1,2). 

     Você pode pensar: “Não, eu não confio em ninguém os outros não vão fazer tão bem quanto eu!”. Ora, você tem que delegar justamente para quem não faça tão bem quanto você. Nunca delegue para quem faça tão bem quanto você! Faça você mesmo, caso contrário você não estará delegando e sim transferindo responsabilidade. Delegar e dar oportunidade para a outra pessoa treinar. É preciso aprender fazendo, deixando as pessoas tentarem. Uma outra questão importante é saber distinguir eficiência de eficácia. Por exemplo: Um carrossel. Os cavalos são muito eficientes em rodar no carrossel, mas a eficácia para a locomoção é nenhuma, pois eles não vão a lugar algum. Existem pessoas fazendo como o cavalo de carrossel: Trabalham, trabalham, mas não obtem nenhum resultado na vida. Tem que haver ambição, ela é importante. Sem o desejo de se conseguir alguma coisa, não a conseguiremos. Tudo o que você faz na vida começou com um desejo, uma ambição. Se uma pessoa chega à conclusão de que ela não precisa mais nada na vida, conclui também que está na hora de morrer. Ninguém deve ficar culpando os outros por não ter satisfação na vida. Deve, sim, olhar para si próprio e adquirir a vontade de se prosperar. Se você continuar fazendo o que sempre fez, vai continuar conseguindo o que sempre conseguiu. Se você quer coisas diferentes, bem você tem que fazer alguma coisa diferente. Quebrando paradigmas, Jesus aproximou-se de samaritanos, de um cobrador de impostos, de prostitutas, de um centurião romano, de uma mulher siro fenícia, leprosos, aleijados e  cegos. Ao fazer aquilo que aparentemente não se podia fazer, segundo preceitos humanos, Ele foi ao encontro de pessoas que eram discriminadas, revelando-lhes o Seu evangelho e o Seu amor.

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.