Maná do céu ou novidades da terra?

15 de agosto de 2017

Maná do céu ou novidades da terra?


     “E cessou o maná no dia seguinte, depois que comeram do trigo da terra, do ano antecedente, e os filhos de Israel não tiveram mais maná; porém, no mesmo ano comeram das novidades da terra de Canaã”; (Js 5.12). 

     Qual foi a necessidade, o porque de Deus providenciar esse tipo, essa qualidade de alimento totalmente novo e desconhecido para o povo de Israel? Por que Deus mandou o maná? Por causa da murmuração, o povo estava reclamando, murmurando! O povo estava com saudades do Egito. “E, partindo de Elim, toda a congregação dos filhos de Israel veio ao deserto de Sim, que está entre Elim e Sinai, aos quinze dias do mês segundo, depois que saíram da terra do Egito. E toda a congregação dos filhos de Israel murmurou contra Moisés e contra Arão no deserto. E os filhos de Israel disseram-lhes: Quem dera que nós morrêssemos por mão do Senhor na terra do Egito, quando estávamos sentados junto às panelas de carne, quando comíamos pão até fartar! Porque nos tendes tirado para este deserto, para matardes de fome a toda esta multidão”; (Êx 16. 1-3). Deus quando percebeu que o povo se levantou contra a liderança de Moisés e Arão. Ele mandou a resposta de imediato para Moisés!  “Então, disse o Senhor a Moisés: Eis que vos farei chover pão dos céus, e o povo sairá, e colherá cada dia a porção para cada dia, para que eu veja se anda em minha lei ou não”; (Êx 16.4). O que significa maná? 

     A palavra, o vocábulo “maná” em hebraico.  Significa: O que é isto?  Apesar de alguns cristãos (inclusive pastores) dizerem como uma forma ilustrativa de expressão. O significado na realidade, não tem relacionamento nenhum com o “pão dos céus”, ou “pão dos anjos”. A palavra “Maná” surgiu exatamente da pergunta que fizeram os israelitas, quando o viram pela primeira vez. “o que é isto?”  Esta frase, em hebraico, é. “Man Acha”, ou “Man Hu”. “E o Senhor falou a Moisés, dizendo: Tenho ouvido as murmurações dos filhos de Israel. Fala-lhes, dizendo: Entre as duas tardes, comereis carne, e, pela manhã, vos fartareis de pão; e sabereis que eu sou o Senhor, vosso Deus. E aconteceu que, à tarde, subiram codornizes e cobriram o arraial; e, pela manhã, jazia o orvalho ao redor do arraial. E, alçando-se o orvalho caído, eis que sobre a face do deserto estava uma coisa miúda, redonda, miúda como a geada sobre a terra. E, vendo-a os filhos de Israel, disseram uns aos outros: Que é isto? Porque não sabiam o que era. Disse-lhes pois Moisés: Este é o pão que o Senhor vos deu para comer”; (Êx 16.11-15). qual o perÍodo de conservação alimentÍcia dO maná? “Esta é a palavra que o Senhor tem mandado: Colhei dele cada um conforme o que pode comer, um gômer por cabeça, segundo o número das vossas almas; cada um tomará para os que se acharem na sua tenda”; (Êx 16.16). Deus determinou que o maná era limitado a durar somente 24 horas! O povo tinha que colher somente o suficiente para um dia (uma ração diária). “E disse-lhes Moisés: Ninguém deixe dele para amanhã. Eles, porém, não deram ouvidos a Moisés, antes, alguns deles deixaram dele para o dia seguinte; e aquele criou bichos, e cheirava mal; por isso, indignou-se Moisés contra eles. Eles, pois, o colhiam cada manhã; cada um conforme ao que podia comer; porque, aquecendo o sol, derretia-se”; (Êx 16.19-21). Deus também limitou o maná à uma quantidade máxima que uma pessoa podia comer! Um gômer. “E um gômer é a décima parte do efa”; (Êx 16.36). 

Existem alguns tipos de plantas no deserto do Sinai conhecidas como tamargueira; (Erica verticilata) com folhas pequenas, estreitas, duras, flores cor de rosa e perfumadas. Também a (Tamarix mannifera) que, do mesmo modo, produziria o fenômeno. Outra explicação seria a (Trabutina mannipara), nome científico da cochonilha que produz uma substância melada, parecida com esse alimento milagroso. Essa substância se evapora em partículas que se assemalham à geada. Supõe-se que esse era o “maná”. Alguns beduínos daquela região ainda nos dias de hoje, correm para colher o que eles chamam de “Mann Essama”, isto é, maná do céu. Eles colhem pela manhã, bem cedinho, antes de que os insetos e animais do deserto apareção e comam. Entretanto o suposto “maná” desses variados tipos de plantas podem durar vários dias, e embora possam ser cozido, não podem ser assados. Essas contradições indicam e demonstram que aceitar a essa apologia, a qual explica o maná como um produto natural da região do Sinai, significa rejeitar a Palavra de Deus. O maná foi servido durante um período de disciplina e humilhação“E te lembrarás de todo o caminho, pelo qual o Senhor, teu Deus, te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, para te tentar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não. E te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conheceste, nem teus pais o conheceram; para te dar a entender que o homem não viverá só de pão, mas que de tudo o que sai da boca do Senhor viverá o homem”; (Dt 8.2,3). O maná foi enviado para um povo reclamador, um povo o qual na maioria das vezes não guardava os mandamentos. Os quais muitos entre ele, ou seja, do meio do povo não creram nas promessas de Deus e por causa disso muitos daquela geração não entraram na terra prometida. Um povo que queria voltar a viver na escravidão do Egito. Deus tentou o povo; (no sentido de provação, e não de tentação).

     E cessou o maná? E cessou o maná no dia seguinte”; (Js 5.12a). Assim que o povo entrou na terra prometida. Deus cessou o maná. Não teve mais maná. Por um período de 40 anos o povo de Israel comeu do maná no deserto! Mas cessou o maná. O que é cessar? Acabar, não continuar, fazer parar, pôr termo, interromper, deixar de, desistir. porque Deus cessou o maná? Porque Ele quer que eu e você. Que nós comamos das novidades da terra! As novidades da terra são para sempre, não é provisório e limitado como o maná. “Deus está sempre na nossa frente”. O nosso passo é físico, o de Deus é eterno. “Depois que comeram do trigo da terra, do ano antecedente, e os filhos de Israel não tiveram mais maná; porém, no mesmo ano comeram das novidades da terra de Canaã”;  (Js 5.12). Prestou atenção nessa passagem bíblica? Você não percebeu nada de maravilhoso neste versículo? Observe se esta escrito: “do ano antecedente”? Deus somente cessou o maná depois de já ter providenciado para o povo o alimento do ano anterior! Existem cristão pedindo para Deus continuar a mandar o maná! Deus quer te dar a comer das novidades da terra! Vejamos que novidades são estas; “Porque o Senhor, teu Deus, te mete (põe) numa boa terra, terra de ribeiros de águas, de fontes, e de abismos (mananciais), que saem dos vales e das montanhas; terra de trigo e cevada, de vides, figueiras e romeiras; terra de oliveiras, abundante de azeite e mel; terra em que comerás o pão sem escassez, e nada te faltará nela; terra cujas pedras são ferro, e de cujos montes tu cavarás o cobre. Quando, pois, tiveres comido, e fores farto, louvarás ao Senhor teu Deus pela boa terra que te deu”; (Dt 8.7-10). Infelizmente, ainda existem ainda cristãos pedindo para Deus mandar o maná do Céu. Ou ainda existem outros se contentando com o maná aqui da terra. Ambos se esquecem das novidades da Terra prometida celestial.  Da Nova Jerusalem Celestial. Você ainda quer que Deus te envie, te mande maná do Céu?  Você hoje não come maná, você come direto da vida que esta em Cristo! “Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: Deu-lhes a comer o pão do céu. Disse-lhes, pois, Jesus: Na verdade, na verdade vos digo que Moisés não vos deu o pão do céu, mas meu Pai vos dá o verdadeiro pão do céu. Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo”; (Jo 6. 31-33). “Eu sou o pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto, e morreram. Este é o pão que desce do céu, para que o que dele comer não morra. Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo”; (Jo 6.48-51).

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.