E disse Deus: Haja luz! Que "Luz" é Esta?

15 de junho de 2016

E disse Deus: Haja luz! Que "Luz" é Esta?


   “No princípio, criou Deus os ceús e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz. E houve luz”; (Gn 1.1-3).

    O livro de Gênesis "Bereshit" é o princípio do criacional no paradigma físico. O Evangelho de João é o princípio das coisas espirituais, porque antes de todas as coisas existirem no físico, já coexistia o eterno e absoluto. O termo criar barã (hb); “Haja”. Significa “cortado para fora”; algo que esta saindo de dentro de. Conforme Deus ia dizendo “haja” o que já existia dentro Dele ia saindo para fora, ou seja, Deus com o poder da Sua Palavra “que é Jesus Cristo” criou todas as coisas. “No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”; (Jo 1.1-3). Deus trouxe a existência para  fora Dele o que já existia dentro Dele mesmo. Porque se Deus tivesse criado tudo do nada, nada passaria a ser a fonte de tudo. E a fonte de todas as coisas é Deus. E Deus não é nada, Ele é tudo! “E disse Deus: Haja luz. E houve luz”; (Gn 1.3). Que luz é está? Seria a luz cósmica? A luz é a forma de energia que ilumina um planeta, ou um sistema. Ela é uma radiação eletromagnética que consiste em pacotes de ondas de energia chamado quanta. Esta luz não é a cósmica! Porque ela veio para combater as trevas, e dentro deste contexto trevas é pecado. Observe que as palavras Dia e Noite estão com as iniciais maiúsculas. Uma referência as bodas do Cordeiro e a condenação eterna. “E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite”; (Gn 1.4,5). 

   “Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.   Porque todo aquele que faz o mal aborrece a luz e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus”; (Jo 3.18-21). Bem se não é cósmica, esta luz, então provavelmente é a luz do sol? Não! Esta luz, também não é o sol. Pois o sol somente veio a existir após esta luz inicial! E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus para alumiar a terra, e para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que era bom”; (Gn 1.16-18). Neste momento em que Deus acabará de determinar através de Sua Palavra. A terra começou a se mover, passou a existirem os movimentos de rotação e de translação. Observe novamente que agora as palavras dia e noite estão em letras minúsculas. Neste contexto luz e trevas referem se realmente ao dia e a noite normais do período de 24 horas.  Esta luz não é cósmica, não é o sol? Então o que é esta luz? Uma dica: Esta luz não veio a existir, ela já coexistia! Jesus Cristo, o Verbo de Deus já estava presente! Ele tinha que está neste mundo físico, antes que todas as coisas físicas viessem a existir. “No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.  Ele estava no princípio com Deus”; (Jo 1.1,2). “Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava?”; (Jo 6.62). “Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”; (Jo 1.3).

ESTA LUZ É JESUS CRISTO

   “E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam. Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele. Não era ele a luz, mas veio para que testificasse da luz. Ali estava a luz verdadeira, que alumia a todo o homem que vem ao mundo,   estava no mundo, e o mundo foi feito por ele e o mundo não o conheceu”; (Jo 1.5-10). 
“Respondeu-lhe a multidão: Nós temos ouvido da lei que o Cristo permanece para sempre, e como dizes tu que convém que o Filho do homem seja levantado? Quem é esse Filho do homem? Disse-lhes, pois, Jesus: A luz ainda está convosco por um pouco de tempo; andai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos apanhem, pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai. Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz. Essas coisas disse Jesus; e, retirando-se, escondeu-se deles”; (Jo 12.34-36). Jesus Cristo, a luz que saiu do Pai para o mundo. O próprio Jesus, testifica-se de Si mesmo, que Ele saiu do Pai. “Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente, me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas ele me enviou”; (Jo 8.42). O Evangelho de João contem várias passagens comprobatórias que Jesus saiu do Pai! “Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus, e que ia para Deus”; (Jo 13.3).  “Pois o mesmo Pai vos ama, visto como vós me amastes, e crestes que saí de Deus. Saí do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai”; (Jo 16.27,28). “Porque lhes dei as palavras que me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste”;  (Jo 17.8). Quando foi que Jesus Cristo saiu do Pai? Qual foi o momento exato que isto ocorreu, aconteceu? Temos que encontrar na Bíblia, nas Escrituras Sagradas, este momento único em que O Verbo saiu do Pai! O momento em que o Logus verbalizou-se e manifestou-se em relação as coisas físicas, o mundo material!  Jesus Cristo por Ser o Verbo de Deus, a Palavra, o Logus, o Rhema. Ele teria que estar na primeira Palavra que Deus pronunciasse. A 1ª vez que Deus falasse na Bíblia, seria o momento em que Jesus sairia do Pai! Foi quando o Pai abriu a Sua boca pela primeira vez e disse; “Haja”“E disse Deus: Haja luz. E houve luz”; (Gn 1.3). Neste momento Jesus saiu de Dentro do Pai. Você já tem o entendimento que Cristo não foi criado ou formado! Ele é Deus. Tudo foi feito por Ele e por causa Dele, Ele foi a 1ª ação da Palavra do Pai! “No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.  Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez”; (Jo 1.1-3). 

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.