Observaste tu a meu servo Jó?

15 de novembro de 2013

Observaste tu a meu servo Jó?


     “Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e este era homem sincero, reto e temente a Deus; e desviava-se do mal. E nasceram-lhe sete filhos e três filhas. E era o seu gado sete mil ovelhas, e três mil camelos, e quinhentas juntas de bois, e quinhentas jumentas; eram também muitíssima gente ao seu serviço, de maneira que este homem era maior do que todos os do Oriente. E iam seus filhos e faziam banquetes em casa de cada um no seu dia; e enviavam e convidavam as suas três irmãs a comerem e beberem com eles. Sucedia, pois, que, tendo decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Porventura, pecaram meus filhos e blasfemaram de Deus no seu coração. Assim o fazia Jó continuamente. E vindo um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. Então, o Senhor disse a Satanás: De onde vens? E Satanás respondeu ao Senhor e disse: De rodear a terra e passear por ela. E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem sincero, e reto, e temente a Deus, e desviando-se do mal. Então, respondeu Satanás ao Senhor e disse: Porventura, teme Jó a Deus debalde? Porventura, não o cercaste tu de bens a ele, e a sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste, e o seu gado está aumentado na terra. Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema de ti na tua face. E disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo quanto tem  está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor”; (Jó 1.1-12).

     O livro de Jó é considerado o mais antigo da Bíblia, escrito antes do livro de Gênesis. Jó foi contemporâneo de Abraão. Pois não há no livro de Jó referências claras à lei de Moisés ou suas instituições. Jó oferecia sacrifícios em favor de sua família, uma prática característica dos dias patriarcais. A duração da vida de Jó se ajusta bem ao tempo de vida comum dos patriarcas. QUEM ERA JÓ“Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e este era homem sincero, reto e temente a Deus; e desviava-se do mal”; (Jó 1.1). No 1º capítulo do Livro, especificamente no 1º versículo, já podemos observar 4 qualidades de suma importância, de mérito e interesse referencial a pessoa de Jó. (1) SINCERO – A etimologia do vocábulo, da palavra sincero é o latim “sinceru”. Significa: Sem mistura, sem cera, original. Antigamente se colocava a cera da mesma cor dos objetos de porcelana, mármore ou granito, que por ventura tivessem algum trincado ou quebrado. A cera dava a impressão de que a peça estava perfeita. Era uma maneira de enganar aos clientes que as compravam. Depois de descoberta esta estratégia enganosa, a pessoa quando ia comprar alguma peça, perguntava: é sem cera? Ou seja é verdadeiro, é honesto, é original.  (2) RETO  – Era integro, não se desviava nem para a esquerda e nem para a direita. (3) TEMENTE A DEUS – Jó era dizimista!   Temer (respeito) e não temor (medo). Então, o que significa exatamente temer a Deus? Temer a Deus é respeitá-lo como sendo quem é; é reverenciá-lo e obedecê-lo baseado em toda a revelação de Sua Palavra. “Certamente darás os dízimos de toda a novidade da tua semente, que cada ano se recolher do campo. E, perante o Senhor, teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu cereal, do teu mosto, do teu azeite e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao Senhor, teu Deus, todos os dias”; (Dt 14.22-23). (4) DESVIAVA-SE DO MAL – Não enfrente o mal, desvie da aparência do mal.  

     O QUE  TINHA JÓ?“E nasceram-lhe sete filhos e três filhas. E era o seu gado sete mil ovelhas, e três mil camelos, e quinhentas juntas de bois, e quinhentas jumentas; eram também muitíssima gente ao seu serviço, de maneira que este homem era maior do que todos os do Oriente”; (Jó 1.2,3). Nos dias hodiernos para uma pessoa ser grande ela, tem que estar na política, no esporte ou no cinema. Deus deixa bem claro que para Ele, o maior homem da terra é aquele que o teme. Deus quem enriquece através das Suas benções. Jó era reconhecido pelo mundo espiritual e Satanás sabia disto. Jó era maior do que todos do oriente; Jó tinha 7 filhos, 3 filhas, 7.000 ovelhas,  3.000 camelos, 500 juntas de bois, 500 jumentas e  muitos empregados. O QUE FAZIA JÓ?“E iam seus filhos e faziam banquetes em casa de cada um no seu dia; e enviavam e convidavam as suas três irmãs a comerem e beberem com eles. Sucedia, pois, que, tendo decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Porventura, pecaram meus filhos e blasfemaram de Deus no seu coração. Assim o fazia Jó continuamente”; (Jó 1.4,5). Observe a capacidade deste homem de cobrir a sua família! Ele se preocupava com o que faziam os seus filhos. Jó oferecia holocaustos pelos seus filhos na suposição de um erro (por ventura, por acaso, supondo que; quem sabe si). “Senhor aqui esta o sacrifício, no caso de algum dos meus filhos e filhas terem pecado contra ti”.  Isto é antecipar-se ao diabo. Quantos filhos tinha Jó?; “E nasceram-lhe sete filhos e três filhas”; (Jó 1.2). Qual era a oferta?; “... sete bezerros e sete carneiros”; (Jó 42.8). Façamos as contas 10 X 14 = 140 animais por cada sacrifício que era realizado de madrugada e continuamente. Por isso Deus o prosperava! Ele tinha que ser próspero para apresentar tantos holocaustos. Quer ser prospero? Aprenda a dar a Deus o que é de Deus. Pois quando os três amigos (inimigos) de Jó, Elifaz, Bildade e Zofar vieram fazer holocaustos a Deus. Aqueles mesmos amigos que disseram: “Jó, você esta assim porque pecou contra Deus”. A resposta de Deus para eles: “Sucedeu, pois, que, acabando o Senhor de dizer a Jó aquelas palavras, o Senhor disse a Elifaz, o temanita: A minha ira se acendeu contra ti, e contra os teus dois amigos, porque não dissestes de mim o que era reto, como o meu servo Jó”; (Jó 42.7). 

     Aprenda! Não de importância para o que os outros dizem de mal ao teu respeito. Eles falam palavras misturadas com inveja e despeito. Não paute a tua vida pelo que dizem ao teu respeito! Deus tem escutado a cada palavra! Jó passou por momentos difíceis nas mãos destes três. “Jó explica porque esta acontecendo isso?”, “Explica porque esta acontecendo aquilo?”. Jó não tinha resposta para eles. Ele não sabia o porque daquelas coisas estarem acontecendo. Mas ele dava glória a Deus. De glória a Deus porque você não sabe de nada. Deus ficou irado com eles e disse: “Tomai, pois, sete bezerros e sete carneiros, e ide ao meu servo Jó, e oferecei holocaustos por vós”; (Jó 42.8).
Um dia todos que mentiram ao teu respeito virão a ti e  você orará por eles! “viemos aqui porque Deus mandou você orar por nos”. Deus aceitará o sacrifício deles por tua causa! “Então, foram Elifaz, o temanita, e Bildade, o suíta, e Zofar, o naamatita, e fizeram como o Senhor lhes dissera; e o Senhor aceitou a face de Jó”; (Jó 42.9). Os que te acusam, ainda irão te ver como sacerdote. Eles disseram que Jó estava em pecado! Jó orou por eles. Deus te exaltará diante de teus inimigos. E eles irão dizer! Deus é com este homem, Deus é com essa mulher! O QUE ACONTECEU COM JÓ?“E vindo um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles”; (Jó 1.6). Jó fechava a porta de Satanás da sua vida sendo sincero, reto, temente a Deus e desviando-se do mal. E também fechava a porta sobre a sua família oferecendo holocaustos. Ele não era egoísta! Os holocaustos eram para ele e para e pelos seus filhos. Imagine Deus com todos os Seus atributos. Suportar a presença de Satanás por causa de um homem? Deus aceitar a presença do diabo com todo o seu engano, mentira e sujeira e fazer com ele um trato por causa do amor por um homem mortal na terra! Deus não se envergonha de ser o nosso Deus? “Pelo que também Deus não se envergonha deles, de se chamar seu Deus, porque já lhes preparou uma cidade”; (Hb 11.16b). E alguns no nosso meio, as vezes tem vergonha de dizer que é cristão! Não se escandalize em Jesus como os apóstolos, um dia fizeram! “E disse-lhe Pedro: Ainda que todos se escandalizem, nunca, porém, eu. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje, nesta noite, antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negarás. Mas ele disse com mais veemência: Ainda que me seja necessário morrer contigo, de modo nenhum te negarei. E da mesma maneira diziam todos também”; (Mc 14.29-31). 

     Deus faz uma pergunta a Satanás! “Então, o Senhor disse a Satanás: De onde vens? E Satanás respondeu ao Senhor e disse: De rodear a terra e passear por ela. E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem sincero, e reto, e temente a Deus, e desviando-se do mal. Então, respondeu Satanás ao Senhor e disse: Porventura, teme Jó a Deus debalde?”; (Jó 1.7-9). Temer a Deus debalde (em vão, sem motivo)? Satanás disse a Deus: Por ventura teme Jó a Ti pelo que ele tem? Deus ouvi da própria boca de Satanás o testemunho do seu pecado. Quando Satanás disse: Jó te teme pelo que ele tem! É a mesma coisa que ele estar dizendo. Quando eu era querubim ungido eu te temia era pelo que eu tinha, pelo que eu era, e não era de coração! Era pela minha posição. Deus responde! Te provarei que Jó teme a Mim, não pelo que ele tem, e sim pelo que Eu Sou, o que Eu represento na vida dele. Ele é melhor do que tu Satanás, provarei para você que tem homens na terra que Me temem mesmo não tendo nada. Satanás responde a Deus! “Porventura, não o cercaste tu de bens a ele, e a sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste, e o seu gado está aumentado na terra. Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema de ti na tua face”; (Jó 1.10,11). Para Satanás declarar este testemunho sobre Jó diante de Deus é porque ele não sabia mais o que fazer. É porque Jó estava protegido e ele não conseguia entrar. Não estou me referindo a um ladrão qualquer! Me refiro daquele que veio para roubar, matar e destruir. O maior ladrão de todos os tempos esta dizendo para Deus: Eu não posso entrar, com ele eu não posso porque a porta que o Senhor fecha ninguém abre. Satanás entende de maldição e de benção também. Ele reconhece a benção de Deus sobre a vida de um homem. Satanás disse para Deus: O gado de Jó esta aumentado a cada dia. Mas estende a Tua mão, e toca-lhe. Satanás reconhece que somente as mãos de Deus pode  tocar em nós. “Senhor eu só toco no seu filho se o Senhor deixar”. Deus deixou Satanás tocar nos bens de Jó. “E disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo quanto tem  está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor”; (Jó 1.12). 

     Deus aceitou a proposta de Satanás. Ele pensou que quando Deus lhe deu autorização, legalidade para tocar em Jó. Ele estaria sem proteção, mas novamente ele se enganou, se equivocou. Deus autorizou, mas não tirou a Sua mão sobre Jó. Deus só tira a mão quando a pessoa peca e Jó não pecou! Satanás estava procurando uma oportunidade para atacar a Jó,  e ele não encontrava esta oportunidade. Ele não pôde entrar através de Jó, mas os  filhos de Jó deixaram uma porta aberta para ele entrar. Satanás pensou: “Em Jó eu não posso entrar! Mas eu sei que os seus filhos constantemente fazem banquetes”. Satanás entrou através dos banquetes dos filhos de Jó.  “E iam seus filhos e faziam banquetes”; (Jó 1.4). “Tendo decorrido o turno de dias de seus banquetes”; (Jó 1.5). “E sucedeu um dia, em que seus filhos e suas filhas comiam e bebiam vinho na casa de seu irmão primogênito”; (Jó 1.13). “Estando teus filhos e tuas filhas comendo e bebendo”; (Jó 1.18).

OS MENSAGEIROS DE SATANÁS

     “Que veio um mensageiro a Jó e lhe disse: Os bois lavravam, e as jumentas paciam junto a eles; e eis que deram sobre eles os sabeus, e os tomaram, e aos moços  feriram ao fio da espada; e eu somente escapei, para te trazer a nova”; (Jó 1.14,15).  Ele tem mensageiros a seu serviço. Observe nesta passagem o 1º mensageiro. Mensageiros que servem para trazer noticias ruins com a intenção de abalar e minar a estrutura de tua fé. “Estando este ainda falando, veio outro e disse: Fogo de Deus caiu do céu, e queimou as ovelhas e os moços, e os consumiu, e só eu escapei para te trazer a nova”; (Jó 1.16). O 2º mensageiro chegou quando o 1º ainda falava e ainda diz: Fogo de Deus!  Esta é a tática de Satanás, de colocar a culpa em Deus! Ele nunca chama a culpa para ele e muitos de nós estamos dizendo: “Foi Deus que fez isso, foi Deus que fez aquilo”. Deus não tem culpa! Satanás mandou fogo e o seu mensageiro disse que foi fogo de Deus. “Estando ainda este falando, veio outro, e disse: Ordenando os caldeus três bandos, deram sobre os camelos, e os tomaram, e aos moços feriram ao fio da espada; e só eu escapei, para te trazer a nova. Estando ainda este falando veio outro e disse: Estando teus filhos e tuas filhas comendo e bebendo vinho, em casa de seu irmão primogênito,   Eis que um grande vento sobreveio dalém do deserto, e deu nos quatro cantos da casa, a qual caiu sobre os jovens, e morreram; e só eu escapei para te trazer a nova”; (Jó 1.17-19). Observou que por 4 vezes apareceram mensageiros que escaparam para trazer as novas? E que todos eles chegaram guase ao mesmo tempo? Um acabava de dar a notícia para Jó, e o outro iniciava a próxima notícia? Você teria suporte físico, espiritual e emocional para receber estas mesmas notícias e todas no mesmo dia? “Fofoqueiro não morre, é igual barata! Tem pessoas que tem prazer em trazer noticias ruins. Acontece tudo e você gostaria que o fofoqueiro morresse, mas ele sempre escapa. Temos vontade de abrir a barriga dele colocar um gato vivo dentro, costurar com agulha infeccionada, queimar no fogo, jogar as cinzas para cima e dar um tiro em cada átomo. Mas fofoqueiro não morre de jeito nenhum. Qual foi a atitude de Jó mediante a tantas notícias ruins de desgraças e perdas!

     “Então, Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e adorou”; (Jó 1.20). Esta é a atitude! Se na hora da tribulação, na última palavra houver  murmuração nada acontecerá! Mas se tudo estiver perdido e abrir a boca em adoração haverá vitória! Satanás não esperava esta atitude de Jó! Satanás esperava ouvir maldição, palavrão, murmuração! Mas Jó adorou a Deus! “E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor”; (Jó 1. 21). Quando Jó disse isto, eu posso imaginar a alegria de Deus no Céu naquele momento. Valeu apena ter a presença do Diabo em minhas reuniões. Eu mostrei para ele que mesmo deixando-o tocar em Jó, mesmo assim Jó me adorou! “Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma”; (Jó 1.22). Jó não culpou a Deus por estar passando por esta tribulação. E você tem culpado e reclamado de Deus alguma coisa? “E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles, apresentar-se perante o Senhor. Então, o Senhor disse a Satanás: De onde vens? E respondeu Satanás ao Senhor e disse: De rodear a terra e passear por ela”; (Jó 2.1,2).

     Satanás retorna  pela 2ª vez na presença de Deus. Lembra da 1ª vez?  “Então, o Senhor disse a Satanás: De onde vens? E Satanás respondeu ao Senhor e disse: De rodear a terra e passear por ela”; (Jó 1.7). Deus pergunta novamente para ele: De onde vens? E Satanás responde: “De rodear a terra, e passear por ela”.  A falta de criatividade de Satanás, ele vive rodeando e passeado pela terra. Deus perguntou para ele da 1ª vez e agora na 2ª vez ele da a mesma resposta: “Eu estou rodeando, rodeando”. Tem gente que não desfruta a vida, fica so rodeando igual a Satanás. Não faça o mesmo trajeto sempre;  trabalho, casa, igreja, trabalho, casa, igreja! Faça um passeio com a tua família! Vai com os teus filhos em um lugar que eles possam te ter! Chega de telefone celular, lap top, notebook,  Ipad, tomarem o lugar da sua família. Cuidado! Satanás quer te colocar neste círculo vicioso de andar pela terra e passear por ela. O que Deus disse pela 2ª vez a Satanás? “E disse o Senhor a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem sincero e reto, temente a Deus, desviando-se do mal, e que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa”; (Jó 2.3). As vezes eu e você ficamos procurando um erro para justificar o que esta acontecendo na nossa  vida. Para com isso! Preste bastante atenção no que Deus disse para Satanás: “E que ainda retém a sua sinceridade, havendo-me tu incitado contra ele, para o consumir sem causa”. Satanás quer convecer do pecado, mas quem convence é o Espírito Santo! Se Satanás convence há culpa! Quando o Espírito Santo convence existe um advogado. A tua vida é inegociavel! “Então, Satanás respondeu ao Senhor e disse: Pele por pele, e tudo quanto o homem tem dará pela sua vida. Estende, porém, a tua mão, e toca-lhe nos ossos e na carne, e verás se não blasfema de ti na tua face! E disse o Senhor a Satanás: Eis que ele está na tua mão; poupa, porém a sua vida”; (Jó 2.4-6). Satanás tocou nos ossos e na carne de Jó. Nesta 2ª ida a presença de Deus, ele conseguiu da parte de Deus mais esta legalidade! Ele não foi até a presença de Deus por nada, ele queria uma  permissão para realizar algo contra a vida de Jó. E Deus permitiu

     “Então, saiu Satanás da presença do Senhor e feriu a Jó de uma chaga maligna, desde a planta do pé até ao alto da cabeça. E Jó, tomando um pedaço de telha para  raspar com ele as feridas, assentou-se no meio da cinza. Então, sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa a Deus, e morre. Mas ele lhe disse: Como fala qualquer doida, assim falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios”; (Jó 2.7-10). Receber o mal de Deus é no sentido Dele permitir que o mal aconteça e não que ele faça algum tipo de maldade. Mesmo assim Satanás, não conseguiu fazer com que Jó amaldiçoa-se a Deus! Satanás usou até a própria esposa de Jó. Mesmo assim Jó conservava a sua fidelidade a Deus. Será que você conseguiria permanecer fiel após ouvir, escutar palavras negativas vindo da boca do seu próprio cônjuge?  Satanás não sabia mais o que fazer, ele tocou nos bens, tocou nos filhos e agora toca na carne de Jó. E o homem ficou foi mais resistente. Satanás queria a vida de Jó, ela é inegociável.  Todos que questionaram a Jó. Foram a ele e lhe trouxeram uma peça de dinheiro e um pendente de ouro. “E o Senhor virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o Senhor acrescentou a Jó outro tanto em dobro a tudo quanto dantes possuía. Então, vieram  a ele todos os seus irmãos e todas as suas irmãs e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram de todo o mal que o Senhor lhe havia enviado (permitido que ele passa-se); e cada um deles lhe deu uma peça de dinheiro, e cada um, um pendente de ouro. E, assim, abençoou o Senhor o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas. Também teve sete filhos e três filhas. E chamou o nome da primeira Jemima, e o nome da outra Quezia, e o nome da terceira Quéren-Hapuque. E em toda a terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos. E, depois disto, viveu Jó cento e quarenta anos; e viu a seus filhos e aos filhos de seus filhos, até à quarta geração. Então, morreu Jó, velho e farto de dias”; (Jó 42.10-17).

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.