Se Tu És o Filho de Deus?

15 de novembro de 2017

Se Tu És o Filho de Deus?


     “E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto. E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e, naqueles dias, não comeu coisa alguma, e, terminados eles, teve fome. E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deusdize a esta pedra que se transforme (torne; em outras traduções) em pão. E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus. E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe, num momento de tempo, todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória, porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Adorarás o Senhor, teu Deus, e só a ele servirás. Levou-o também a Jerusalém, e pô-lo sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo, porque está escrito: Mandará aos seus anjos, acerca de ti, que te guardem e que te sustenham nas mãos, para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra. E Jesus,respondendo, disse-lhe: Dito está: Não tentarás ao Senhor, teu Deus.  E, acabando o diabo toda a tentação, ausentou-se dele por algum tempo”; (Lc 4.1-13). 

     Esta passagem bíblica esta contida nos Evangelhos Sinópticos (Mateus, Marcos e Lucas). Eles são assim chamados pelas suas semelhanças de versões a respeito dos ministérios de Jesus como o filho do homem (assim Jesus se referia a Si mesmo em Sua forma humana). Jesus logo após ser batizado no rio Jordão por João Batista. Foi conduzido, impelido, levado ao deserto pelo Espírito Santo para ser tentado por Satanás. 

  “Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto”; (Mt 4.1). “E logo o Espírito o impeliu para o deserto”; (Mc 1.12). “... e foi levado pelo Espírito ao deserto”; (Lc 4.1). Ninguém esta livre de tentação, Jesus foi tentado! E a pior tentação que um homem possa sofrer é: A PERDA DA SUA IDENTIDADE. O que é identidade? É o conjunto de caracteres particulares, que identificam uma pessoa, como nome, data de nascimento, sexo, filiação, impressão digital. É o reconhecimento de que o indivíduo é o próprio, ou seja, ele mesmo. Antes de Jesus iniciar o Seu ministério terreno, realizar qualquer coisa como homem. Deus deixou bem claro para Ele: “...Tu és meu Filho...”; (Lc 3.22). Identidade de Filho e de Pai. O maior atributo que o homem (genericamente) pode ter é: “E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”; (Gn 1.26). Satanás tenta tirar a identidade do homem. Satanás criou o 1º sofisma. O que é um sofisma? É o raciocínio vicioso, aparentemente correto e concebido com a intenção de induzir alguém em erro. Satanás quer inverter os valores, reverter a ordem: “E sereis como Deus”; (Gn 3.5). O homem já era igual (imagem e a semelhança) a Deus! O 1º ARGUMENTO DE TENTAÇÃO; “E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme (torne; em outras traduções) em pão”; (Lc 4.3). O intento de Satanás é deixar ao homem sem relacionamento. O homem têm que se relacionar, não pode ficar só, isolado. O homem é um ser social, dependente de outras pessoas. Ninguém faz nada sozinho. Na tentação de Jesus, Satanás tentou deixar a Jesus isolado do Pai, tentou tirar o relacionamento entre Eles. Se Jesus tivesse usado o seu atributo de Onipotência, Ele com certeza teria transformado, tornado pedra em pão (mas teria usado a Sua Divindade). Mas Ele veio como homem, e como homem Ele naquele momento não poderia usa-lá. Jesus deixou com o Pai os 4 maiores atributos da Sua Divindade (Onipotência, Oniciência, Onipresença e Eternidade). “E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus”; (Lc. 4.4). Jesus afirmou que mesmo Ele sendo a própria Palavra, Ele vivia da Palavra. Não somente de comida (pão) o homem deve viver, a vida do homem depende da Palavra de Deus. O 2º ARGUMENTO DE TENTAÇÃO; “E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe, num momento de tempo, todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória, porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu”; (Lc 4.5-7). Glória e poder em troca de adoração a Satanás. Todas as vezes que um homem tiver uma grande promessa de Deus. Satanás apresentará outra aparentemente melhor que será incomparavelmente inferior. Os reinos do mundo que foram entregue a Satanás através do pecado de Adão “Porque a mim me foi entregue”, serão de Jesus sem que se renda a Satanás. Jesus resistiu. A glória celestial é eterna, ela não é comparável ao terreno. O reino espiritual é superior a qualquer reino físico. Resista e tenha os dois! Quem vence no espiritual, conquista no físico.

     O 3º ARGUMENTO DE TENTAÇÃO“Levou-o também a Jerusalém, e pô-lo sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo, porque está escrito: Mandará aos seus anjos, acerca de ti, que te guardem e que te sustenham nas mãos, para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra”; (Lc 4.9-11). Pináculo é o ponto mais alto de um determinado lugar (edifício, torre). Muitos querem chegar ao topo. As mais altas montanhas e torres começaram um dia apartir do chão, todos nós já sabemos disso. Mas muitos não sabem que durante o processo de crescimento deve ser observado com muita atenção e cuidado a cada momento e aumento. Afinal mas dificil do que conquistar um lugar no alto é saber conserva-lo. Lembrando que por maior que seja o crescimento, nunca tocará ao céu. Os três ataques de Satanás na tentação. (1º) Que nós transformemos pedras em pães, representa provisão rápida, facilidades deste mundo, gerar recursos ilícitos aos olhos de Deus. (2º) Nós oferecer os reinos desse mundo, representa ao sistema mundano que é regido e dirigido por satanás, uma glória passageira, que não se compara com a glória que há de vir. No mundo o ímpio carrega uma coroa, e o justo carrega uma cruz. Mas, quando Cristo se manifestar em glória, receberemos uma coroa de glória eterna. (3º) Nós levar ao Pináculo do Templo, representa a glória do ministério. Neste ponto, muitos começam a brincar com o perigo. O empresário é tentado na empresa, o sacerdote é tentado no templo. Quando uma pessoa começa a crescer muito, ela necessita de um espinho na carne.

     TENHA ESSA CERTEZA: VOCÊ É FILHO DE DEUS! Jesus fez o caminho inverso. Ele veio de cima para baixo. Ele veio do Céu para a Terra. Jesus deixou a Sua Divindade no Trono, e veio como homem na total dependência do Espírito Santo. Cristo venceu, nós também podemos vencer! Se tu és o Filho de Deus! Nunca deixe essa indagação tirar de você, a sua imagem e a sua semelhança com o Seu Pai celestial. “Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos. E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo”; (Gl 4.4-7). O Espírito Santo levou, impeliu, conduziu Jesus ao deserto para ser tentado por Satanás. O Espírito Santo também levou, impeliu, conduziu Jesus para fora do mesmo deserto. “Então, pela virtude do Espírito, voltou Jesus para a Galiléia, e a sua fama correu por todas as terras em derredor. E ensinava nas suas sinagogas, e por todos era louvado”; (Lc 4.14,15).

Graça & paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.