Porque nem todos colhem 100 por 1?

15 de maio de 2016

Porque nem todos colhem 100 por 1?


  “E plantou o Senhor Deus um jardim no Éden, da banda do Oriente, e pôs ali o homem que tinha formado. E o Senhor Deus fez brotar da terra toda árvore agradável à vista e boa para comida, e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore da ciência do bem e do mal”; (Gn 2.8,9).

  Quem plantou essas árvores no jardim? Foi Deus quem as plantou. Significado do vocábulo (palavra) plantar: Enraizar, semear, cultivar. Arrotear (educar; instruir). Introduzir no ânimo, estabelecer, fundar, instituir, edificar, fixar. O interessante é que antes de plantar o jardim, Deus já havia povoado a terra com todos os tipos e qualidades de árvores. “E disse Deus: Produza a terra erva verde, erva que dê semente, árvore frutífera que dê fruto segundo a sua espécie, cuja semente esteja nela sobre a terra. E assim foi”; (Gn 1.11). Existe uma grande diferênça. Essas árvores foram produzidas pela terra, foi a terra que as produziu. Mas, as que estão no jardim foi Deus que as plantou. Jardim é uma definição representativa de lugar especial, cercado e protegido. Ou seja, pode ser a sua casa, sua família. O seu casamento, a sua vida. Quais as características (definição, aspecto, gênero) da qualidade do fruto produzido das árvores que foram plantadas dentro do jardim. (1ª) Agradável à vista – Bonito, vistoso, desejável, aprazível, deleitável. (2ª) Boa para comida – Faz bem, é confiável, saúde, nutrição saudável. (3ª) Vida – Entendimento de existência, produz a cada mês um fruto diferente. (4ª) Ciência do bem e do mal – Discernimento espiritual. Dessas 4 qualidades de árvores, esta última era de Deus. Ela estava no jardim junto das outras. Somente Deus poderia tocar em seu fruto. O homem não podia comer do fruto dessa árvore. Observe que a árvore da ciência (conhecimento) do bem e do mal. Produz o mesmo fruto, característicos das três primeiras qualidades de árvores. 

“E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto”; (Gn 3.6). Deus nos deu os frutos em árvores separadas. Mas na Dele, nós não podemos tocar. No meio de todos os seus bens, no meio de todas as coisas que você possui. No meio de tudo aquilo que você gosta. Deus coloca algo que é Dele para nos ensinar fidelidade! Quando nós entendemos que não podemos tocar no que é de Deus. Ele nós prosperá muito na terra. Quando tocamos no que é de Deus. A terra não produzira em nós a sua força!

QUAL É A FORÇA DA TERRA? 

     Quando Caim matou a Abel. Ele tocou em algo que era de Deus, ele tocou na vida de Abel. Ele derramou o 1º sangue na terra. “Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força”; (Gn 4.12).  A força maxima da terra é 100%, ela produz com a mesma força! Tanto no Antigo Testamento, como no Novo Testamento. Antigo Testamento: "E semeou Isaque naquela mesma terra e colheu, naquele mesmo ano cem medidas, porque o Senhor o abençoava”; (Gn 26.12). Quando a pessoa tem a bênção de Deus, não importam as condições e o lugar onde ela está, porque a Mão de Deus estará sempre sobre ela. Isaque foi bem-sucedido na terra dos filisteus,  de cada semente que plantou, colheu cem vezes mais. Isaque colheu enfrentando os problemas críticos da falta de água, porque os filisteus enchiam de terra os poços que Abraão deixara. O rei dos filisteus, sabendo que o Senhor era com Isaque, temeu-o e não ousou tentar fazer-lhe mal. Apenas lhe pediu que deixasse aquela região, uma vez que ele já estava muito mais poderoso que os próprios donos da terra. Isaque teve visão e entendimento: visão para ver que aquela terra era boa para semear e entendimento para saber que havia um pacto entre ele e Deus, e que, por isso mesmo, o seu investimento não podia dar errado, ainda que tivesse de suportar a inveja dos moradores daquela terra e todas as demais dificuldades que lhe foram impostas. Tinha a certeza da vitória e era tudo de que precisava para semear. Novo Testamento“E outra caiu em boa terra e, nascida, produziu fruto, cento por um”; (Lc 8.8). Deus nós da à mesma força da terra a qual foi dada para Isaque.

PORQUE NEM TODOS COLHEM 100 por 1? 

      “Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta”; (Mt 13.23). Observe que a força da terra é de 0 até 100. Jesus ensinando sobre a parábola do semeador a multidão e também aos discípulos. Relata três níveis de produção: 30%, 60% e 100%. Quem produziu 100%, igual a Isaque ganhou a benção completa. Quem produziu 60%, levou prejuizo de 40%. Quem produziu 30%, levou prejuizo de 70%. Quem produziu   0%, igual a Caim levou prejuizo de 100%. O problema não é da semente, ela é boa, pois foi dada por Deus. “Ora, aquele que dá a semente ao que semeia e pão para comer, também multiplicará a vossa sementeira e aumentará os frutos da vossa justiça”; (2 Co 9.10). Então porque nem todos colhem 100%?  Observe as medidas de produção da terra: 0/30/60. São multiplos de três. Pela lógica da matemática. O máximo seria 90% e não 100%. Porque Jesus diz 100%? Por que até os 10% que é Dele, que pertence a Ele. O qual você e eu temos que devolver. Ele já inclui na força da nossa produção. Como tem sido a sua colheita?

Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.