O que são as regiões celestiais?

15 de janeiro de 2014

O que são as regiões celestiais?


   “Porque não temos que lutar contra a carne e sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais”; (Ef 6.12).

     É o espaço cósmico, o espaço sideral, a atmosfera terrestre, o espaço aéreo em geral. Enfim tudo o que se está no ar, qualquer local acima do solo. Estas regiões celestiais são o domicilio temporário de atuação e habitação dos anjos caídos de Satanás, também chamados de demônios. “Em que, noutro tempo, andastes, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que, agora, opera nos filhos da desobediência”; (Ef 2.2). Nestes lugares os demônios (espíritos malignos, imundos) atuam livremente pela permissão, justiça e juízo de Deus. Todos os demônios que estiverem em solo físico, o estarão ilegalmente. Por isto se diz que eles estão fora do seu domicílio. Eles estão expostos e sem autoridade. Um demônio sabe que estando ele fora do seu domicílio, você e eu, como Igreja temos autoridade para mandá-lo para o Abismo. Os demônios vivem nos ares porque eles não têm corpos físicos, só habita no planeta terra quem tem um corpo físico, ele é o passaporte para se habitar no mundo físico. O homem tem o domínio do mundo físico justamente por causa do corpo. No momento em que uma pessoa morre, ocorre então a separação da alma, espírito e corpo, então ela não pode mais habitar na terra, porque ela não tem mais o corpo físico.


 Quando um demônio possessa uma pessoa ou um animal através de uma legalidade adquirida, ele adquiri um corpo físico, podendo desta forma então sair dos ares (as regiões celestiais) e vir para a terra (o planeta, o solo). “No qual também foi, e pregou aos espíritos (Demônios) em prisão; os quais em outro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a Arca; na qual poucas (isto é, oito) almas (pessoas) se salvaram pela água”; (1 Pe 3. 19, 20). O Reino das trevas é organizado (errado quem pensa que não); Principados: Organização em regime nacional e internacional. Potestades: Organização em regime regional. Príncipes das trevas: (Dominadores, governadores) Organização em regime local. HostesOrganização em regime de grupos familiares. Estes demônios têm todas as informações minuciosas referentes à geração familiar de uma pessoa, com o propósito de enganar, com mentiras e ilusões. Como ocorre esta guerra espiritual? São anjos x Demônios (mesma autoridade dimensional)A maior patente que Satanás tem em seu exército é a de principado. Principado é a dignidade de príncipe, território ou domicílio governado por príncipe. “E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande Dia”; (Jd 6). O termo “arch” significa príncipe. Estes príncipes das trevas eram arcanjos que perderam as suas glórias angelicais. Miguel é o único arcanjo de Deus remanescente. “Mas o príncipe do reino da Pérsia se pôs defronte de mim vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia”; (Dn 10.13). “Mas eu te declarei o que está escrito na Escritura da Verdade; e ninguém há que se esforce comigo contra aqueles, a não ser Miguel, vosso príncipe”; (Dn 10.21). Satanás quando se rebelou trouxe com ele 1/3 dos anjos de Deus, que consequentemente se tornaram anjos caídos, ou seja, demônios. “E viu-se outro sinal no céu, e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres e, sobre as cabeças, sete diademas. E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que havia de dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe tragasse o filho”; (Ap 12.3,4). 

     Desses anjos caídos, Satanás tem somente duas patentes angelicais, os ex-anjos e alguns ex-arcanjos, Satanás não esta de posse te todos os ex-arcanjos, mas somente de alguns. Deus mandou a maioria dos arcanjos direto para o Abismo no Hades, quando ocorreu a rebelião celestial. Ele não tem querubins (guardadores da glória de Deus) e nem os serafins (purificadores das orações dos santos) por causa de seus ofícios que nada tem haver com o império das trevas. Miguel repreendeu a Satanás em Nome do Senhor. “Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda”; (Jd 9). Porque apesar de Satanás ter sido um querubim protetor ungido, Miguel é um arcanjo. Mas no nível de principado e autoridade dimensional eles têm a mesma patente. O príncipe dos anjos de Deus contra o príncipe dos demônios das trevas. “Agora, é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo”; (Jo 12.31). “E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão; e batalhavam o dragão e os seus anjos, mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele”; (Ap 12.7-9). 
     
Graça & Paz.

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.