Porque Deus confundiu a língua?

15 de junho de 2017

Porque Deus confundiu a língua?


     “E era toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala. E aconteceu que, partindo eles do oriente, acharam um vale na terra de Sinar; e habitaram ali. E disseram uns aos outros: Eia, façamos tijolos e queimemo-los bem. E foi-lhes o tijolo por pedra, e o betume, por cal. E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra. Então, desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam; e o Senhor disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro. Assim, o Senhor os espalhou dali sobre a face de toda a terra; e cessaram de edificar a cidade. Por isso se chamou o seu nome Babel, porquanto ali confundiu o Senhor a língua de toda a terra, e dali os espalhou o Senhor sobre a face de toda a terra”; (Gn 11.1-9). 

     O homem é um ser social! Em tudo que nós realizamos, dependemos de uma sociedade. Sendo um ser social o homem tem que se comunicar para sobreviver. A habilidade de se expressar é, a 2ª mais importante de todas as habilidades que uma pessoa pode ter, possuir. A 1ª é a alimentação. Depois da alimentação, a comunicação é a vital, é a básica de todas as nossas necessidades. O homem têm usado, utilizado a linguagem como sistema de comunicação por 7.000 anos. 

      A linguagem é uma verbalização expressa do que se está sendo vivenciado na mente. No entanto, por mais desenvolvida que a linguagem seja, nunca poderá expressar inteiramente o que está acontecendo dentro da mente. O texto citado nos mostra uma situação de rebeldia, um momento de blasfêmia contra o Deus verdadeiro. Afinal edificar uma cidade? Contruir uma torre que toque nos céus? E fazer um nome? O povo queria um nome que os representasem por toda a face da terra. E eles já conheciam o Nome JEOVÁ. Isso denotou total independência de Deus. Demonstrou confiança alguma e nenhuma na provisão de Deus. Mas vamos tirar, extrair algo muito profundo e de muito proveito nessa caótica situação. Apesar de estarem fazendo a coisa errada, eles estavam juntos por causa de uma coisa. O que? A COMUNICAÇÃO! “E era toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala”; (Gn 11.1). O que Deus fez, o que Ele realizou para sanar todo o problema? Ele foi na raiz da questão, atingiu o concerne de toda a situação. Ao quebrar toda a comunicação entre eles. Houve confusão, desacordo e atrito por causa da falta de comunicação! “Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro. Assim, o Senhor os espalhou dali sobre a face de toda a terra; e cessaram de edificar a cidade. Por isso se chamou o seu nome Babel, porquanto ali confundiu o Senhor a língua de toda a terra, e dali os espalhou o Senhor sobre a face de toda a terra”; (Gn 11.7-9). O que é comunicação? É a forma como as pessoas se relacionam entre si, dividindo e trocando experiências, idéias, sentimentos e informações. Modificando mutuamente a sociedade onde estão inseridas. Sem a comunicação, cada um de nós seria um mundo isolado. Comunicar é tornar comum, podendo ser um ato de mão única, como transmitir; (um emissor transmite uma informação a um receptor), ou de mão dupla, como compartilhar; (emissores e receptores constroem o saber, a informação, e a transmitem). Comunicação é a representação de uma realidade. Serve para partilhar emoção, sentimento e informação. Quem comunica é a fonte e, do outro lado, está o receptor. O que se comunica é a mensagem. Pode ser vista, ouvida, sentida e tocada. As formas de mensagens podem ser: palavras, gestos, olhares, movimentos do corpo. Quando ocorre uma quebra em um dente dessa engrenagem, a comunicação não é bem transmitida ou não é bem recebida. Por isso, as pessoas não compreendem umas às outras e, como resultado, ocorrem perdas. O engano na comunicação faz perder dinheiro no trabalho. Na escola  custa o futuro de muitas crianças, ou seja, o nosso futuro. O engano na comunicação com a família e com os amigos custa amor e satisfação. O engano consigo mesmo custa o teu sucesso, felicidade e prosperidade. Quase tudo de indesejável em nossa vida poderia ser evitado se tão somente pudéssemos nos comunicar de uma forma eficaz. Você vai analisando, você vai percebendo o poder da comunicação. Quantas pessoas perdem grandes oportunidades nas suas vidas. Promoções, empregos, relacionamentos, amizades,  e de ganhar dinheiro porque lhes faltam comunicação. 

     Uma boa comunicação é de fundamental importância para nós conseguirmos o que desejamos. Infelizmente, mais de 85% da população do mundo possue uma “conversa negativa”. Por causa disso a mente de muitas pessoas se tornaram condicionadas à conversa negativa.  Por isso, muitas pessoas enfocam mais o que elas “não” querem do que o que elas desejam. Por exemplo: Em vez de uma pessoa dizer, falar  para si mesma: “Eu quero ter sucesso”. Ela diz: “Eu não quero falhar”. Ou, em vez de dizer “Eu quero ser magra”. Ela diz: “Eu não quero ser gorda”. O inconsciente vai direto ao assunto. O assunto de uma frase é o não! Então a pessoa emite os “nãos”. Nós somos seres lingüísticos. Isso significa que a linguagem nos diferencia dos outros seres e nos faz humanos. Mas, qual é a importância disso em relação a nossa vida diária? O  importante é conhecer o poder da linguagem para transformar a realidade. Para acompanhar a evolução do mundo, precisamos usar a nossa mente de uma maneira diferente do habitual. O conhecimento, de agora em diante, cresce no mundo diariamente. As informações se multiplicam em um ritmo tão intenso, que é cada vez mais impossível a qualquer pessoa, inclusive ao leitor mais voraz, ficar atualizado com tudo o que se publica. Ou olhar, ver, observar tudo o que se noticia. O homem se comunica consigo mesmo. Mas é fundamental para o homem, para a sua própria sobrevivência, que ele se comunique adequadamente com o mundo ao seu redor. Para entendermos essa situação, observaremos como funciona o processo do pensamento. Como é a interação entre o pensamento & a comunicação. Uma pessoa para pensar, ela utiliza ingredientes. Ela pode estar pensando no que vai comer no almoço hoje, ou pode estar pensando no teste de Física ou Matemática que fará amanhã. Pode ser no mais simples ou mais complexo dos pensamentos. 

     A nossa mente precisa, necessita somente de imagens, sons, sensações e emoções para funcionar. Uma pessoa pensa utilizado esses 4 ingredientes. Só que nós não os usamos na mesma proporção. Algumas pessoas são visuais. Elas trabalham, funcionam as suas mentes  com imagens. Provavelmente você já ouviu essa expressão: “Uma imagem vale mais do que mil palavras”. Essa expressão é valida para somente 70% das pessoas no mundo. Porque para uma pessoa que é auditiva, que opera o seu cérebro com sons. Já é o contrário. “Uma palavra vale mais do que a uma imagem”. Existem pessoas que são sinestésicas “externo”, (cinestésicas é interno, relativo aos músculos do corpo). Elas se interagem ao mundo através de sensações & emoções. A pessoa têm que sentir, ou tocar para formar a percepção dos seus pensamentos. A comunicação de uma pessoa esta dividida da seguinte maneira: 17% – Advêm das palavras que uma pessoa utiliza. 28% – Advêm do tom de voz que uma pessoa fala (a maneira como a pessoa fala) e 55% – Advêm da linguagem corporal de uma pessoa (como a pessoa se expressa). Você entenderá o porque, a razão, a causa, o motivo porque muitos dos cursos de comunicação falham. Pois as pessoas se concentram nas palavras e não na lingüística. Quantas vezes nós conversamos com pessoas simples e humildes, e temos o maior prazer em conversar com elas por horas. E você conversa com um Ph.D. E você não consegue tolerar uma conversa com ele por 5 minutos. Porque essa diferença? Por causa da importância da linguagem corporal, e da tonalidade do tom de voz. Nós somos julgados por aquilo que dizemos, que falamos. Enquanto uma pessoa ainda não falou nada, ninguém sabe se ela tem conhecimento, ou se ela não tem conhecimento. Se ela é inteligente ou se deixou de ser. Mas se a pessoa abre a boca e diz besteira, ai não tem mais jeito. Não da para voltar à palavra dita para a sua boca. Por isso é que nós temos uma boca e dois ouvidos, é para falarmos menos e escutarmos mais.

Graça & Paz. 

Rev. Dr. Carlos Andrade, Th.D.